Projeto

O que é?

O projeto Geopartituradesenvolvido no MídiaLab Laboratório de pesquisa em arte computacional da Universidade de Brasília, aponta para questões emergentes envolvendo a música, a geografia, e dispositivos móveis como celulares para permitir a criação coletiva georeferenciada de um concerto multimídia em tempo real. O sistema formado por software e dispositivos móveis permite a apresesentação de um concerto  multimídia cuja composição é realizada ao vivo em tempo real, por pessoas conectadas ao sistema pelos seus celulares.

 O projeto tem como referência as ideias das marcações sonoras, oriundas da música eletracústica e da música computacional que historicamente vem rompendo as  fronteiras da música tradicional para buscar a interatividade pela participação do público. Por exemplo, “Sua modalidade de construção, não pode convenientemente ser taxada de fechada” diz o músico eletroacústico Rodolfo Caesar,  assim sendo livre para se expandir cada vez mais em suas articulações e intervenções. Recorrendo à liberdade de criaçã o sistema Geopartitura apresenta uma nova forma de interação a partir de aparelhos celulares como performance,  assim como, fizeram os grandes nomes da música eletroacústica como Pierre Schaeffer, PierreHenry até os tempos de Jorge Antunes (percursor da música eletroacústica no Brasil), propondo ainda uma extensão do que já foi realizado no contexto da intervenção urbana.

 O sistema geopartitura utiliza mídia locativa que, para André Lemos (2007), é definida como  um conjunto  de tecnologias e processos info-comunicacionais cujo  conteúdo  informacional vincula-se a um lugar específico. Locativo  é uma categoria gramatical que exprime lugar, como  “em”, “ao lado de”, indicando a localização final ou o momento de uma ação. As mídias locativas são dispositivos informacionais digitais cujo conteúdo  da informação está diretamente ligado a uma localidade. Trata-se de processos de emissão e recepção de informação a partir de um determinado local. A mídia móvel é a mídia sempre transportada, sempre ligada e sempre presente no ponto de impulso criativo.

 Geopartitura tem como objetivo proporcionar a execução de um concerto em tempo real coletivo com música, imagem interagindo simultaneamente com pessoas portadoras de celulares que forem detectadas pelo sistema, através de bluetooth que é uma especificação industrial para áreas de redes pessoais sem fio (Wireless personal area networks – PANs). O Bluetooth provê uma maneira de conectar e trocar informações entre dispositivos como telefones celulares, notebooks, computadores, impressoras, câmeras digitais e consoles de videogames digitais através de uma frequência de rádio de curto alcance globalmente não licenciada e segura. As especificações do Bluetooth foram desenvolvidas e licenciadas pelo bluetooth special interest group. Outro aspecto importante do sistema é que os celulares devem conter (GPS), em inglês, Global Positioning System, ou, em português, Sistema Global de Posicionamento é o principal sistema de localização e navegação utilizado atualmente no mundo, ele está baseado em um sistema de 24 satélites americanos, que conseguem observar todos os pontos do planeta. O concerto utiliza ainda o progama (software) geopartitura desenvolvido pelo MídiaLab.

 Por meio do sistema o interagente visualiza em forma de projeção no espaço urbano, uma cartografia que surge a partir das conexões de todos os indivíduos detectados pelo sistema em tempo real. Estas cordas produzem sons quando tocadas. Poeticamente, geopartitura está relacionado com a existência de um ritmo no universo do conhecimento que conduz a música e a imagem em suas diferentes formas de manifestação.

 A palavra geopartitura tem origem na junção das palavras geografia e partitura. A Geografia é a ciência que estuda o espaço, ou seja, busca o significado dos lugares, sendo assim contribui significativamente com a sociedade, na reorganização de seus espaços e de suas formas de interação com o ambiente. Partitura significa uma representação escrita de música padronizada universalmente.

A proposta também se relaciona com a ideia de intervenção urbana, pois somente pode ocorrer em espaço aberto e público, em função da necessidade de detecção dos sinais emitidos pelos telefones celulares. O concerto é projetado na superfície externa da arquitetura em tempo real. Esta é a mesma interface que pode ser vista no celular. O som da geopartitura surge como imagem sonora em movimento e é ao mesmo tempo tocado em tempo real nos celulares.

_____________________________________________________________________________________________________________

The project Geopartitura MídiaLab developed in laboratory research in computer art at the University of Brasilia, points to emerging issues involving music, geography, and mobile devices like cell phones to allow the collective creation of ageo-referenced multimedia concert in real time. The system consists of softwareand mobile devices enables apresesentação a multimedia concert whose composition is done live in real time, by people connected to the system for theirphones.
Geopartitura The word comes from the junction of the words geography and score.Geography is the science of space, ie, seeking the meaning of places, and thuscontributes significantly to the company, the reorganization of the spaces andforms of interaction with the environment. Sheet means a standardizedrepresentation written music universally.The proposal also relates to the idea of urban intervention, it can only occur in openand public, depending on the need for detection of signals emitted by cell phones.The concert is projected onto the outer surface of the architecture in real time. This is the same interface that can be seen in the cell. The sound of geopartitura arisesas the image is in motion and sound while playing in real time on mobile phones.
Encontre no mapa sua localização durante o concerto: http://kriptonmobile.com/geopartitura/
Baixe aqui o manual do Geopartitura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s